idioma

Pesquisar este blog

Seguidores

domingo, 19 de setembro de 2010

MUSEU CAMPOS GERAIS

Foi inaugurado em 1928 para ser sede do Fórum da Comarca de Ponta Grossa. O Fórum funcionou neste local até 1983, quando o prédio passou a ser sede do Museu Campos Gerais da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Em 2005, o mesmo foi fechado para restauração, momento em que o Museu Campos Gerais mudou-se para o antigo prédio do Banestado, localizado na mesma rua desta construção.
Destaca-se na paisagem urbana, ao preservar suas características originais por meio de sua arquitetura imponente de estilo eclético e estar localizado na área histórica da cidade. O prédio foi tombado como Patrimônio Cultural do Paraná em 1990.
Localização: Rua Engenheiro Schamber, 654 – Centro.
O prédio que hoje abriga as instalações do Museu, foi construído na década de 20, para abrigar o Fórum de Ponta Grossa, onde funcionou até 1982. Foi restaurado procurando-se preservar as características arquitetônicas originais, e inaugurado no dia 28 de março de 1983 pelo então Reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Professor Daniel Albach Tavares.
Porém, seu acervo inicial vem de muito antes, do antigo Museu Campos Gerais criado pela diretoria do Centro Cultural Euclides da Cunha. Por essa razão grande parte das primeiras peças do acervo atual foram doadas pelo saudoso Professor Farias Antônio Michaele que na época da fundação era o Presidente Perpétuo daquela entidade. Por falta de uma sede própria, parte do material do primitivo Museu, por muito tempo, ficou sob a guarda do Departamento de História da então Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ponta Grossa.
Somente quando foram concluídos os trabalhos de restauração do edifício do Fórum, em 1983, é que, finalmente, o Museu Campos Gerais pode ter um espaço digno do seu valor e importância.
Foi graças ao empenho da Professora Maria Aparecida César Gonçalves, da Técnica em Assuntos Culturais Maria de Lourdes O. Pedroso e da cooperação dos alunos e professores dos Departamentos de História e de Geociências, que o Museu começou realmente a atuar na vida cultural princesina naquele ano de 1983.
Desde sua instalação, não deixou mais de crescer. Neste período esteve sob a direção competente de três diretores: Professora Maria Aparecida César Gonçalves, Dr. Clyceu Carlos de Macedo, Professor Alfredo Bertoldo Klas e atualmente Professora Maria Augusta D. Jorge.
O Museu se propõe armazenar, conservar e divulgar a memória histórica vinculada, principalmente, aos Campos Gerais.
Recebe em média 15.000 visitantes anuais, e nas dependências da antiga sala do Tribunal do Júri, são proferidas palestras a alunos, assim como reuniões de diferentes entidades culturais da cidade. Apresenta uma exposição de caráter eclético dividida em seção de Paleontologia, com exemplares de fósseis do Período Devoniano, em sua maioria coletados na própria região e adjacências; Seção Indígena com objetos oriundos de várias regiões do país; e o Ambiente Regional com apresentação de objetos e fotografias referentes a Ponta Grossa.
O Museu está sempre recebendo doações da população interessada na ampliação dos horizontes culturais das gerações mais novas.
Enfim, o Museu Campos Gerais, tem se dedicado ao conhecimento e a divulgação dos fatos relacionados com a gênese ponta-grossense, e através de exposições e palestras, tem procurado desenvolver o interesse pelas coisas relacionadas com o passado da região, esforçando-se, junto aos jovens estudantes, para estimular o desenvolvimento de um espírito favorável a conservação do nosso patrimônio histórico.
Rua Engenheiro Schamber, 654
Horário de Atendimento:
Terça a Sexta das 08:00 horas às 11:30 horas e das 14:00 horas às 17:30 horas
Sábados e Domingos das 14:00 horas às 17:30 horas
A entrada é franca.

RECENTES PUBLICAÇÕES

Google+ Followers

Recent Visitors